Onze questões são contestadas na UFPE

Onze questões de provas da segunda fase do vestibular da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que acabou segunda-feira (14), foram contestadas, até as 16h de terça (15), por professores e alunos que discordaram do gabarito oficial divulgado pela Comissão do Vestibular (Covest). As bancas deverão se pronunciar até o fim da próxima semana, segundo o presidente da Covest, Armando Cavalcanti.

Dos testes aplicados no domingo, a comissão recebeu reclamação de seis quesitos. Em literatura as queixas se referiram às questões 5 e 9. Biologia teve contestados os quesitos 4, 8 e 15 e matemática, o 6. “Nas provas de segunda-feira recebemos as seguintes contestações: questão 16ª de história, 5ª de geografia, 5ª de química e 5ª e 7ª de física”, informa Armando Cavalcanti.

Conforme o manual do candidato, caso haja anulação de um quesito, a pontuação referente a ele é redistribuída para o restante da prova. O prazo para reclamação referente aos exames do domingo expirou ontem. Para os testes de segunda-feira, a Covest recebe as queixas até as 18h desta quarta (16).

Enquanto o listão dos aprovados não sai – a previsão é que seja liberado somente após o Carnaval – muitos vestibulandos estão calculando sua média para saberem se há chances de conquistarem uma das 6.501 vagas oferecidas pela UFPE.

A nota da primeira fase é o desempenho do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas médias variam de zero a mil. Na UFPE, a nota é de 0 a 10. A primeira conta, portanto, é converter as notas. Pegue cada média do Enem e divida por cem. Em seguida, o estudante deve somar as quatro notas (já convertidas) e dividir por quatro. Terá a média da primeira fase.

Para saber o desempenho da segunda fase é preciso antes converter a nota da redação do Enem. É só multiplicá-la por 0,008. Depois, ao resultado dessa conta soma-se a pontuação das duas questões discursivas (cada uma vale um ponto). Tem-se a nota de português 1, comum a todos os feras.

“Falta calcular as notas das três disciplinas específicas. Cada quesito vale 0,625 e cada proposição de verdadeiro ou falso, 0,125. Veja os acertos e some a nota, lembrando que uma proposição marcada errada anula um certa, dentro da mesma questão”, ressalta Armando. Sobre essas notas, aplique os pesos, conforme o curso pleiteado. Por fim, junte as quatro notas, some-as e divida por 10.

Fonte: NE10

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *