,

Engenharia de Materiais

Praticamente todas as áreas de conhecimento em ciências envolvem materiais, por exemplo: metalurgia, química, física, mecânica, eng. civil, eng. de minas, eletrônica, geologia, nuclear, medicina e outros. Atualmente, além do desenvolvimento dos materiais convencionais e dos seus processos de fabricação são realizadas intensas atividades de pesquisas em materiais avançados, tais como: materiais inteligentes (piezelétrico, memória de forma), cerâmicas eletrônicas, plásticos de engenharia, biomateriais, supercondutores, semicondutores, compósitos, materiais nucleares, materiais avançados de construção, fibras óticas, materiais recicláveis, aços e ligas especiais entre outros.

O profissional da Engenharia de Materiais atua nas indústrias de fornecimento de matérias-primas e de desenvolvimento de novos materiais, indústrias de transformação, atividades referentes aos procedimentos tecnológicos na fabricação de materiais, montagens, operação e reparo de equipamentos específicos, padronizações de ensaios de caracterização dos materiais, controle da qualidade, assistência e consultoria, atuação em instituições de ensino, de fomento, de pesquisa e de desenvolvimento científico e tecnológico.

O curso de Engenharia de Materiais da UFPE está sendo criado para atender a forte demanda de mão-de-obra especializada da indústria já instalada na região (metalúrgicas, indústrias metal-mecânica, químicas e cerâmicas). A chegada dos novos investimentos na nossa região, notadamente em SUAPE (refinaria, pólo petroquímico, estaleiro, metalúrgicas e outros), já está solicitando os profissionais da Engenharia de Materiais.

Fonte: UFPE

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *